Política Pública em Habitação Social pós Estatuto da Cidade: análise da provisão da moradia do município de Vitória/ES, Brasil

Andreia Fernandes Muniz, Eneida Maria Souza Mendonça

Resumo


A Constituição Federal (1988) e o Estatuto da Cidade (2001), pautados na descentralização e valorização do poder local na implementação de políticas públicas, condicionaram ao ente municipal a responsabilidade de elaboração de metas e estratégias que visem resolver problemas no âmbito de seu território, especialmente os relacionados à disputa pelo direito à cidade, o que engloba a moradia. Diante da importância da atuação dos municípios na redução do déficit habitacional no país, este trabalho busca investigar, analisar e discutir as estratégias, programas, projetos, ações e investimentos da Política Habitacional do município de Vitória, capital do estado do Espírito Santo. A metodologia englobou pesquisa e análise bibliográfica e documental sobre conceitos, programas e recursos financeiros relacionados à provisão da moradia. Os resultados demonstram que o município, com aproximadamente 6.350 famílias em situação de déficit habitacional, tem buscado viabilizar o acesso à moradia social através da construção de novas unidades, melhorias habitacionais, auxílio aluguel, bônus moradia e urbanização de assentamentos precários. No entanto, a reabilitação de edifícios na região central e histórica da capital não tem sido prioridade e nem vista como alternativa eficiente para resolver a demanda habitacional. Além disso, os recursos previstos para habitação na dotação orçamentária representam percentual inferior a 5% da receita municipal, com valores reduzidos nos últimos quatro anos.

Palavras-chave


Habitação social; Política Pública; Política habitacional.

Texto completo:

PDF

Referências


IBGE. Censo Demográfico 2010. Disponível em Acesso em 10 abril 2018.

BONDUKI, Nabil. Os pioneiros da habitação social no Brasil: volume 1. 1ª edição. São Paulo: editora Unesp – edições Sesc, 2014. 387 pag.

DUARTE, Maurizete Pimentel Loureiro. A expansão da periferia por conjuntos habitacionais na Região da Grande Vitória (1964-1986). Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em História Social das Relações Políticas do Centro de Ciências Humanas e Naturais. Universidade Federal do Espírito Santo, 2008. 237p.

FJP (FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO). Centro de Estatística e Informações. Déficit habitacional no Brasil 2015. Belo Horizonte, 2018. Disponível em Acesso em: 27 dez.2017.

GAZETAONLINE. Vitória aparece em 1º lugar entre as capitais em ranking de bem-estar urbano. Disponível em Acesso em: 23 maio 2018.

_____. Atualmente, 800 pessoas vivem em situação de rua na Grande Vitória. 2019. Disponível em . Acesso em: 15 de julho de 2019.

_____. 100 pessoas ocupam prédios abandonados no Centro de Vitória. 2018. Disponível em < https://www.gazetaonline.com.br/noticias/cidades/2018/05/100-pessoas-ocupam-predios-abandonados-em-vitoria-1014129424.html>. Acesso em: 18 de julho de 2019.

IJSN. Plano Emergencial de Habitação – Grande Vitória. Grupo de Trabalho do Governo Estadual para definição de Política Habitacional, 1987. Disponível em Acesso em: 09/09/2019.

IJSN. Déficit Habitacional no Espírito Santo com base no CadÚnico 2017. Disponível em Acesso em: 14 maio 2018.

MIRANDA, Clara Luiza; ABE, André Tomoyuki; HENRIQUES, Michele Pereira Paes; COELHO, Margareth Batista Saraiva. Marcos Legais e regulatórios da urbanização e das zonas de especial interesse social em Vitória – ES, Brasil. In: Desafios para a habitação de interesse social: Território do Bem / Miriam de Magdala Pinto (org.). – Dados eletrônicos. - Vitória, ES: UFES, LabTAR, 2017.

SÉCULO DIÁRIO. Movimento de moradia e prefeitura seguem em impasse sobre Edifício Santa Cecília. 2019. Disponível em . Acesso em: 28 de junhde 2019.

SIMNOTÍCIAS. Mais de cem prédios estão abandonados no Centro de Vitória. 2018 Disponível em . Acesso em: 10 de maio de 2019.

VITÓRIA. Lei 5.823/2002. Disponível em . Acesso em: 15 jun. 2018.

____Lei 6.592/2006. Disponível em < http://sistemas.vitoria.es.gov.br/webleis/>. Acesso em: 15 jun. 2018.

____Lei 6.967/2007. Disponível em < http://sistemas.vitoria.es.gov.br/webleis/>. Acesso em: 15 jun. 2018.

____VITÓRIA EM DADOS. Disponível em < http://legado.vitoria.es.gov.br/regionais/home.asp >. Acesso em: 30 jun. 2019.

____TRANSPARÊNCIA VITÓRIA. Disponível em . Acesso em 23 de maio de 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.17271/2318847285520202121

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

ISSN Eletrônico: 2318-8472    Digital Object Identifier (DOI): 10.17271/23188472

Indexações:

                  


ÍNDICE H (GOOGLE SCHOLAR):

Índice h5 = 5

Índice h5 = Mediana 6


Metrics:

 

 Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.