Destinos e Distâncias da Caminhada Utilitária: um estudo na cidade de Rolândia – PR

Mariana Gimenez Casarim, Luís Gustavo Rocha Pereira, Ana Luiza Favarão Leão, Milena Kanashiro

Resumo


A caminhada é um modal acessível e sustentável, que promove melhores condições de qualidade do ar e benefícios significativos à saúde da população. Evidências consistentes apontam a relação da caminhada utilitária à disponibilidade e proximidade de destinos, cuja distinção é fundamental. A caminhabilidade foi pouco estudada em países subdesenvolvidos e cidades pequenas, em especial tendo os destinos como objeto de análise. Essa pesquisa tem por objetivo analisar a relação dos destinos e das distâncias do deslocamento a pé na cidade de Rolândia-PR. Foram agregadas informações mais específicas ao banco de dados da pesquisa Origem-Destino e elaborada a categorização, que foi então aplicada nos pontos de destino georreferenciados – a partir disso foram também geradas as rotas, para que se analisasse as distâncias. A categoria com mais viagens foi “Educação”, com destaque para as viagens feitas por crianças e seus acompanhantes; perfis sociodemográficos estão relacionados a diferentes destinos e distâncias, sendo que adultos percorrem rotas maiores que idosos; a dispersão dos destinos de comércio de alimentos em áreas predominantemente residenciais pode ser relacionada às menores distâncias.

PALAVRAS-CHAVE: Caminhabilidade. Transporte ativo. Destinos. Distâncias.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17271/2318847286020202421

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

ISSN Eletrônico: 2318-8472    Digital Object Identifier (DOI): 10.17271/23188472

Indexações:

                  


Metrics:

 

 Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.