Alternativa na redução de enchentes no parque do povo em Presidente Prudente-SP

Sibila Corral de Arêa Leão Honda, Vagner Camarini Alves

Resumo


A captação e o aproveitamento da água de chuva é uma solução que visa à reduzir o consumo da água potável. Ao mesmo tempo, a captação da água pluvial funciona também como medida não estrutural para a drenagem urbana. O Parque do Povo, no Córrego do Veado em Presidente Prudente-SP, é uma das regiões mais afetadas pela incidência de enchentes nessa cidade, sendo área de fundo de vale densamente ocupada. Nesse contexto, este artigo busca expor e discutir como um sistema de cisternas poderia ser útil para aliviar a quantidade final de água que chega à foz do Córrego do Veado em dias de chuvas. Verificou-se ser muito positivo à cidade a implantação de cisternas nas propriedades particulares, assim como ser economicamente viável para a população. A metodologia utilizada foi exploratória, por meio de dimensionamentos de vazão do córrego, de quantidade de uso de água, de possibilidade de captação das águas de chuva, e análise de viabilidade econômica de instalação de cisternas.


Palavras-chave


Cisternas, Meio Ambiente, Água pluvial, Enchentes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17271/2317860451120171315

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN Eletrônico: 2317-8604      Digital Object Identifier (DOI): 10.17271/23178604

Indexações:

          


ÍNDICE H (GOOGLE SCHOLAR):

Índice h5 = 4 

Mediana h5 = 4


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.