LIANAS EM UM FRAGMENTO FLORESTAL URBANO EM RIO BRANCO, ACRE, BRASIL

Lucélia Rodrigues Santos, Evandro José Linhares Ferreira, Ednéia Araújo dos Santos, Simone Pereira da Silva, Cleison Cavalcante de Mendonça

Resumo


Este estudo objetivou avaliar os aspectos florísticos e ecológicos das lianas ocorrentes no fragmento florestal da Área de Proteção Ambiental Raimundo Irineu Serra, em Rio Branco, Acre. Realizou-se o inventário florístico com alocação de seis parcelas medindo 10 m x 200 m, dentro das quais foram implantadas subparcelas de 10 m x 10 m num total de 0,80 ha. Foram contabilizados 262 indivíduos distribuídos em 38 espécies, 23 gêneros e 27 famílias, 14 indivíduos foram identificados apenas em nível de família. As famílias com maior número de indivíduos foram Araceae (56), Bignoniaceae (45), Verbenaceae (35), Rubiaceae (21) e Sapindaceae (16). As famílias com maior número de espécies foram Rubiaceae (4), Bignoniaceae (3) e Cucurbitaceae (3). As espécies mais abundantes foram Philodendron melanorrhizum Reitz (56), Petrea sp. 1 (19), Petrea sp. 2 (16), Paullinia sp. (16) e Bauhinia macrostachya Benth. (15). A densidade total encontrada foi de 327,5 indivíduos por hectare e a frequência absoluta igual a 96,98 indivíduos por hectare. O índice de Shannon foi de 2,96, valor e o índice de equabilidade de Pielou foi igual a 0,75, valores que indicam alta diversidade na área amostrada e boa uniformidade na distribuição de espécies comparadas com outros estudos na Amazônia Brasileira.


Palavras-chave


Florística; Área de preservação permanente; Amazônia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17271/2317860461420191516

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN Eletrônico: 2317-8604      Digital Object Identifier (DOI): 10.17271/23178604

Indexações:

          


ÍNDICE H (GOOGLE SCHOLAR):

Índice h5 = 4 

Mediana h5 = 4


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.