Arquitetura de uma fazenda “inglesa” no interior paulista: o caso da Companhia Agrícola do Rio Tibiriça, Gália (SP)

Vladimir Benincasa, Ana Paula Farah

Resumo


O trabalho trata da arquitetura da Fazenda São João de Tibiriçá, antiga Companhia Agrícola do Rio Tibiriçá, ou Companhia Inglesa, como ficou conhecida na região, uma empresa agrícola de capital inglês voltada, primordialmente, para a cafeicultura, mas que também desenvolveu outras atividades agropecuárias, estabelecida em Gália, SP, entre 1927 e 1956, em terras adquiridas de antiga fazenda cafeeira. Nesse processo, remodela-se quase todo o conjunto arquitetônico preexistente, adaptando-o aos interesses dos ingleses e a seu tipo de administração. A arquitetura aí produzida possui características da arquitetura construída por ingleses em suas colônias tropicais, que utilizava princípios higienistas, materiais industrializados, mas também conservava certos equipamentos tradicionais ingleses, como a existência de lareiras em determinados cômodos.  Foram feitos levantamentos métrico e fotográfico no local, documentando as edificações remanescentes, além de entrevistas com os atuais moradores e levantamento de dados em arquivos do município, além de leitura de trabalhos correlatos. O modo de administração mais complexo, com maior divisão hierárquica que em outras fazendas, gerou uma implantação e arquiteturas diferenciadas daquelas que existiam comumente no meio rural paulista, que até hoje, passados tantas décadas da extinção da Companhia, ainda faz parte da memória coletiva regional como algo diferenciado.  

Palavras-chave


Companhia Agrícola do Rio Tibiriçá. Arquitetura rural paulista. Arquitetura colonial inglesa.

Texto completo:

Português


DOI: http://dx.doi.org/10.17271/2318847286320202563



 

ISSN Eletrônico: 2318-8472    

Digital Object Identifier (DOI): 10.17271/23188472

 

Indexações:

                 


ÍNDICE H (GOOGLE SCHOLAR):

Índice h5 = 5

Índice h5 = Mediana 6


Metrics:

 

 

 Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.